Faço minhas as palavras do Luís Ramalho, parabéns pela coragem e amor a este desporto. Demonstras que o amas mais que eu, pois eu já desisti, fiquei farto dos "Pintos" e dos "Freitas". Mas gostaria de ter esse teu empenho. Continuo a ser teu colega de profissão mas já abdiquei de ser teu colega no "nosso" desporto. Mas ainda te quero ver mais umas épocas e hei-de estar na "berma" a incentivar-te. 
Grande abraço de parabéns,

Jorge Loureiro

 

Vitor: se outra coisa não merecesses - e mereces muitas mais!!! - merecerias o nosso respeito! O meu tens, e sabes disso. Tomara este desporto ter muitos outros Vitores Calistos, com a paixão, a devoção e a abnegação que sempre demonstraste. Obrigado por tudo isso e por seres como és. Um abraço

Luís Ramalho

 

Dr. Calisto, apoiado!
E que tenha mais 30 anos de ralis pela frente!

Manuel Ribeiro

 

Para quem gosta de Ralis, gosta de um grande recital de condução, mas nestas breves palavras, levamos um grande recital de paixão pelos ralis, porque ao contrário dos outros desportos, vejo que os melhores não desistem aos primeiros embates.

José Pereira

 

Dr. calisto, (...) o Dr. Calisto tem razão pois condutores de bancada á muitos que nem sequer imaginam o esforço físico  psicológico e financeiro que fazíamos muitas vezes só para estar presente no inicio dos ralis. Muitos parabéns pela excelente vitória e um grande abraço deste apaixonado dos ralis que infelizmente não pode participar... bem haja e quando vier aos açores faça o favor de me dar um abraço....

José Ferreira

 

Obrigado Dr!

Obrigado... por escrever com tanta clareza e numa linguagem perfeitamente compreensível aquilo que desde há muito eu penso, tenho vindo a dizer, tenho vindo a escrever mas.... SEM NUNCA SER OUVIDO!

A minha época tambem já passou, mas a do meu filho não. 

Ele, é um dos que tem o carro na garagem por falta de patrocínios e pela impossibilidade de suportar os custos "astronómicos" de uma qualquer participação.

Um abraço para si Doutor e o pedido de que continue a escrever MAIS REFLEXÕES DESTAS, pode ser que o "charco" finalmente ondule.

Franclim Ganchinho

 
 
Go to top